Restaurantes ao ar livre em BH: 5 locais para conhecer no verão

Os restaurantes ao ar livre em BH têm sido muito visados pelos belorizontinos, sobretudo para aqueles que querem se divertir em ambientes mais arejados durante o verão. Aqui, você encontra opções com mesas externas que permitem, até mesmo, reuniões mais seguras, durante o contexto de pandemia. Vem ver!

Com as flexibilizações de medidas restritivas contra o coronavírus, os lugares para almoçar em BH ao ar livre têm se tornado preferência para quem gosta de se reunir com mais segurança. As mesas dispostas em ambientes abertos, permitem conforto para quem preza por uma boa circulação de ar. 

Além disso, a chegada do verão somada com a falta de praia dentro da capital mineira faz com que os restaurantes com mesas ao ar livre em Belo Horizonte se tornem uma ótima opção para se refrescar nos dias quentes. E para completar, as reuniões ao ar livre são acompanhadas por opções gastronômicas capazes de agradar a gregos e troianos. 

Em Belo Horizonte, você encontra restaurantes com mesas ao ar livre em diversos formatos: jardins, varandas, decks de madeira, rooftops mais descolados e, até mesmo, ambientes que remontam às fazendas do interior de Minas Gerais. Veja a lista com as principais opções da capital:

Conheça 5 restaurantes ao ar livre em BH

  • Madero e Jerônimo Buritis;

  • Restaurante Chalé da Mata;

  • Kanpai;

  • Xapuri;

  • Outland;

  • O Italiano.

Agora que você já sabe quais são os restaurantes mais buscados para quem quer aproveitar almoços ou jantares em mesas ao ar livre, é hora de entender quais as opções gastronômicas e a estrutura que cada um desses espaços oferece. Vamos lá!

Madero e Jerônimo no Buritis

Em 2021, o Grupo Madero inaugurou no bairro Buritis um complexo gastronômico que conta com dois restaurantes criados por Junior Durski: o Madero Container e o Jerônimo Track. O espaço, justamente por concentrar duas unidades gastronômicas diferentes, oferece uma área de convivência comum para ambos, a qual concentra uma série de mesas externas e, para completar, conta com um paisagismo de tirar o fôlego. 

O espaço ao ar livre que fica entre os restaurantes Madero e Jerônimo, no bairro Buritis, lembra um pequeno boulevard. Mas não se preocupe com os dias muito quentes, porque todas as mesas contam com sombreiros, os quais servem como ótimo abrigo para o sol.

Quanto à gastronomia, os restaurantes do Grupo Madero dão um verdadeiro show de sabor e qualidade. Os dois restaurantes inaugurados no bairro Buritis oferecem propostas diferentes entre si, o que significa que o espaço gastronômico é capaz de agradar diferentes públicos. 

Madero no Buritis

O Madero Container oferece uma pegada mais tradicional. O lugar é conhecido pelo seu hambúrguer artesanal, cujas principais características são a carne grelhada e mais alta, o pão de sal crocante e a batata frita rústica. O tom mais sóbrio e sofisticado pode ser percebido até mesmo na decoração e no atendimento mais individualizado, por meio dos garçons.

Jerônimo no Buritis

Já o Jerônimo Track foi pensado para um público mais jovem. Esse é um fator que pode ser percebido pela decoração do espaço, que privilegia grafites e tons mais coloridos, mas que também pode ser notado pelo modelo de atendimento adotado pelo restaurante, o qual utiliza totens automáticos para realizar pedidos e pagamentos. Quanto à gastronomia, o Jerônimo é conhecido por seu smash burguer - já que seu blend é preparado em chapas.

Endereço do Jerônimo e Madero: Av. Professor Mário Werneck, 1080 - Estoril.

Funcionamento do Jerônimo e Madero: de segunda a sexta, das 11h às 23h. Sábado e domingo, das 11h às 00h.

Chalé da Mata

O Chalé da Mata é mais um dos restaurantes no bairro Buritis que oferecem uma área externa. Mas não é qualquer tipo de área externa, viu? O restaurante traz os ares das fazendas do interior de Minas para dentro de umas áreas mais urbanas de Belo Horizonte, e um dos segredos para trazer essa sensação é a presença da natureza dentro do espaço. 

O Chalé da Mata conta com mesas externas em uma área que fica bem ao fundo do restaurante. Este espaço fica ao lado de um dos principais atrativos do lugar: um pequeno riacho que corre livremente. Por lá, é possível almoçar ou jantar ouvindo o barulho da correnteza e dos passarinhos. É de tirar o fôlego, não é mesmo? 

E por falar em almoçar, vale lembrar que o restaurante Chalé da Mata é conhecido por sua culinária tradicionalmente mineira. Por meio do modelo self service, o  lugar oferece um buffet que conta com saladas, pratos quentes e sobremesas.

Endereço do Chalé da Mata:  Av. Eng. Carlos Goulart, 1123 - Buritis

Funcionamento do Chalé da Mata: de segunda a sexta, das 11h às 15h. Sábado e domingo das 11h às 17h30.

Xapuri

Já que acabamos de falar sobre a gastronomia mineira e o clima de fazenda, aqui vai mais uma dica de restaurante que sabe oferecer essas duas coisas muito bem. O Xapuri é premiado por seus tradicionais pratos da culinária de Minas. Por lá, é possível encontrar comida feita em fogão a lenha, como manda a tradição. 

Justamente por se inspirar no interior de Minas Gerais, o Xapuri oferece uma grande área externa, onde os visitantes podem se sentir bem perto da natureza. O local é repleto de árvores, e bem próximo delas é possível encontrar grandes mesas de madeira rústica, as quais acomodam de quatro a seis pessoas. 

Mas a parte aberta do restaurante reserva mais do que isso. Além das mesas externas do Xapuri, o espaço conta também com uma série de atividades ao ar livre, famosas por divertir crianças e adultos. Veja o que é possível encontrar na área externa do local gastronômico:

  • Passeio de charrete;

  • Passeio à cavalo;

  • Playground kids.

Endereço do Xapuri:  Rua Mandacarú, 260 - Trevo

Funcionamento do Xapuri: de terça a sábado, das 11h às 22h. Domingo, das 11h às 18h.

O Italiano
Restaurantes ao ar livre BH: O Italiano. Divulgação Instagram.

Como o nome já diz, O Italiano é um restaurante conhecido por trazer as raízes da Itália para dentro de Belo Horizonte. O espaço fica localizado em uma charmosa casa no bairro Olhos D'água e conta com uma decoração que mistura os estilos rústico e industrial em perfeita harmonia. 

Por falar em harmonia, não poderíamos deixar de destacar o belo jardim que a casa mantém. Neste espaço aberto, ficam concentradas as mesas externas do O Italiano. O restaurante oferece um contato bem próximo com a natureza, já que possui uma majestosa árvore central e um paisagismo ao redor das mesas de tirar o fôlego. O espaço é realmente tão harmônico que acaba se tornando um ótimo pano de fundo das fotos para as redes sociais.

Como não poderia ser diferente, a gastronomia italiana marca presença no cardápio. Por lá, você pode aproveitar diversas opções de massas, carnes, peixes e frutos do mar. Além disso, também é possível desfrutar de entradas muito famosas dentre os restaurantes italianos: bruschetta e arancini (o clássico bolinho de risoto). 

Endereço O Italiano: Rua São Vicente, 155 - Olhos D’água.

Funcionamento O Italiano:

  • Segunda: fechado

  • Terça-feira a quinta: 18h às 23h

  • Sexta-feira: 12h às 15h30 e 18h às 23h

  • Sábado: 12h às 16h30 e 19h às 22h

  • Domingo: 11h30 às 17h

Kanpai

Aqui vai uma dica para quem gosta da culinária oriental. O Kanpai é um restaurante de comida japonesa conhecido por seu conceito moderno. Ao contrário dos outros estabelecimentos que também trabalham com esse modelo de culinária e gostam de privilegiar as tradições orientais, o Kanpai mistura a gastronomia japonesa com o jeito de comer brasileiro. 

Neste restaurante japonês, as palavras de ordem são informalidade, conforto e modernidade. Todos esses conceitos podem ser percebidos já na entrada do estabelecimento. O Kanpai conta com uma grande varanda, onde as mesas externas são posicionadas em meio à decoração que privilegia cor e área verde.

O cardápio do Kanpai chama atenção por sua variedade de pratos, já que conta com mais de cem diferentes opções. Além disso, os vegetarianos também são bem servidos. Por lá, é possível encontrar o maki de palmito, harumaki de legumes e outros pratos que excluem o uso de frutos do mar. 

Um dos diferenciais mais modernos do Kanpai é o seu cardápio eletrônico. Por meio de um tablet você pode conferir todos os pratos disponíveis e fazer seu pedido, o qual é direcionado automaticamente para a cozinha. Mas isso não significa que o restaurante dispensa a presença dos garçons. Os profissionais prestam assistência a todo momento!

Endereço Kanpai: Rua Pium-Í, 1122 - Cruzeiro

Funcionamento Kanpai: de segunda a sexta, das 18h às 22h. Sábado e domingo, das 12h às 16h e 18h às 22h.

Outland
Restaurantes ao ar livre BH: Outland. Divulgação Instagram.

Natureza, gastronomia e música. Esses são os três principais atrativos deste local. O Outland é um dos maiores restaurantes a céu aberto de Belo Horizonte. Por lá, além das mesas em ambientes externos, também é possível ver os pratos sendo feitos ao ar livre, já que a cozinha também fica em ambiente aberto. 

A proposta do Outland mistura um pouquinho de tudo: conversas, dança e ótima gastronomia. Por isso, o espaço atrai pessoas de todas as idades, interessadas em se divertir e relaxar. Para isso, o estabelecimento foi montado em um rooftop, onde mesas, cadeiras e grandes sofás são posicionados ao ar livre.

Toda a infraestrutura aberta do Outland permite que você possa desfrutar de um cardápio muito bem planejado, ao mesmo tempo em que aprecia um belo pôr do sol. As opções gastronômicas do espaço são assinadas pelo chef Massimo, o qual mistura entradas, parrilla de carnes nobres, estação de frutos do mar e charcutaria. Tudo isso montado com ingredientes de pequenos produtores ao redor do Brasil.

Endereço Outland: Rodovia Br 356, km 7,5, s/n Olhos D`Água

Funcionamento Outland: quinta-feira, das 18h às 23h. Sexta e sábado, das 12h às 23h. Domingo, das 12h às 20h. 


A essa altura já deu para decidir qual desses restaurantes ao ar livre em BH você quer visitar primeiro ou ficou com ainda mais dúvida diante de tantas opções boas? Pois aqui vai mais uma dica: como separamos opções tão diferentes entre si, vale a pena conhecer cada uma delas. Que tal incrementar o tour gastronômico por Belo Horizonte e conhecer os principais restaurantes veganos da cidade? Boa leitura!