Acidente no bairro Buritis deixa um morto e um ferido

Por volta das 17h do feriado de Tiradentes, um caminhão desgovernado percorreu a rua Rubens Carporali Ribeiro em zigue-zague e acabou atingindo uma loja do Centro Comercial Aggeo Pio, no bairro Buritis em BH. O motorista do caminhão não resistiu aos ferimentos. 

Além do motorista, uma senhora de 59 anos foi encaminhada ao Pronto Socorro do Hospital João XIII com uma laceração no nariz. Ela estava passando pela região no momento do acidente e acabou sendo atingida pela cabine do caminhão. 

Vizinhos e outras pessoas que passavam pelo local disseram que o veículo perdeu o controle desde o início da rua, próximo ao Anel Rodoviário. Antes de atingir a loja, o motorista buzinou e desviou de carros e pedestres. A suspeita é de que o caminhão tenha perdido o freio. 

“Com o coração partido digo que ele foi herói. Não sei o que trouxe ele aqui, se ele conhecia o anel mas disseram que ele desceu buzinando, salvando muitos ali”, comentou Renata, moradora do bairro Buritis.

O caminho percorrido pelo veículo deixou marcas de destruição. Além de carros atingidos, a Avenida Professor Mário Werneck ficou repleta de destroços, poeira e óleo. Pedras de mármore, que estavam sendo carregadas pela carroceria do caminhão, foram quebradas e ficaram espalhadas pela via, mas a Prefeitura já está realizando um trabalho de limpeza no local.

acidente no bairro buritis
Foto: Bráulio Lara

Durante a madrugada desta quinta-feira, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil instalaram escoras na loja atingida pela carreta. De acordo com eles, uma pilastra da estrutura foi impactada e o proprietário do imóvel já foi notificado sobre a necessidade de regulação do espaço. 

Também foram avaliados os danos em uma central de gás atingida pela carreta, mas não foram encontradas avarias. Contudo, a Copasa está sendo responsável por avaliar se as tubulações de gás do prédio foram danificadas.

Avenida movimentada no bairro Buritis 

Há alguns metros de onde o caminhão bateu há uma pista de caminhada, frequentada amplamente por moradores do bairro Buritis. 

Em dias normais, a rua pela qual o caminhão percorreu e a avenida a qual atravessou são bastante movimentadas. Isso acabou levantando entre os moradores a ponderação de que, se o acidente tivesse ocorrido em um dia útil, a catástrofe poderia ter sido muito maior. 

Não há quaisquer restrições específicas sobre o trânsito de caminhões na Rua Rubens Carporali Ribeiro. Contudo, os moradores do Buritis têm levantado questionamentos sobre a inviabilidade desse tipo de tráfego na região. 

“Infelizmente o acidente me pareceu uma tragédia anunciada. Eu utilizo essa rua para voltar do trabalho e sempre vejo situações perigosas envolvendo carretas na região. Para mim, proibir que caminhões passem nesta rua pode ajudar a evitar outros casos como esse”, comenta o morador Rodrigo Papatella.