Síndrome pós-covid: tratamento gratuito é realizado pela UniBH

A síndrome pós-Covid tem afetado a qualidade de vida de muitas pessoas que já passaram pela cura da doença. Mas a boa notícia é que a enfermidade tem tratamento! A Escola de Fisioterapia da UniBH está realizando atendimento gratuito a pacientes que estão sofrendo com os sintomas persistentes da Covid-19. 

Em maio de 2021, Belo Horizonte ultrapassou a marca dos 200 mil casos confirmados de Covid-19. Passados dois meses desse marco, o número de infectados aumentou, mas o boletim epidemiológico da Prefeitura de BH consta um dado animador: 96% desse público, ou seja, a grande maioria, conseguiu se recuperar da doença e receber alta hospitalar. 

Contudo, para alguns pacientes infectados pela Covid-19, os sintomas não acabam com a cura completa da doença. Pelo contrário, mesmo após a alta hospitalar, o organismo continua apresentando sinais de que o corpo ainda não se recuperou daquela enfermidade. Estudos afirmam que 80% das pessoas que já foram infectadas pelo vírus, podem sofrer com a persistência de pelo menos um dos sintomas da Sars-Cov-2. 

Esses sintomas prolongados são intitulados de síndrome pós-Covid e podem variar de dor de cabeça e falta de ar, até disfunções neurológicas mais complexas. Por se tratar de algo novo, muitas pesquisas e estudos ainda estão sendo desenvolvidos, a fim de mapear todos os efeitos que podem persistir no organismo, mesmo após a cura. 

Mas a boa notícia é que existe tratamento para os sintomas mais comuns. Além disso, o acompanhamento adequado pode levar a uma melhora clínica e, consequentemente, à normalidade da qualidade de vida desses pacientes. Em Belo Horizonte, mais precisamente no bairro Buritis, uma equipe de professores e alunos de Fisioterapia da Clínica Integrada da UniBH está preparada para realizar acompanhamento de forma gratuita para tratamento da síndrome pós-Covid.

Como detectar os sintomas da síndrome pós-Covid?

Mas antes de entender melhor sobre o tratamento, é necessário perceber se o seu organismo está ou não sofrendo por essa enfermidade. Covid longa, Covid persistente, Covid prolongada e síndrome pós-Covid, são termos usados para identificar o mesmo fenômeno: a persistência de sintomas causados pelo coronavírus, mesmo após a cura da doença.  

Normalmente, a Covid prolongada atinge aqueles pacientes que tiveram um caso mais grave da doença e passaram por uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No caso desses pacientes, é mais comum que o organismo possa sofrer maiores danos. Contudo, não é incomum que pessoas que tiveram a versão mais leve da doença, e que não precisam de hospitalização, também sejam acometidas.

Universidades dos Estados Unidos, México e Suécia se uniram para analisar pesquisas sobre a síndrome pós-Covid publicadas até janeiro de 2021. A partir dessas pesquisas, montaram um artigo que identifica mais de 50 principais sintomas para a enfermidade, já que ela pode comprometer o sistema respiratório, cardiovascular, motor e neurológico

Veja quais são os principais sintomas da síndrome pós-covid

  • Fadiga;

  • Falta de ar;

  • Dor de cabeça;

  • Dor muscular;

  • Queda de cabelo;

  • Perda de paladar e olfato; 

  • Dor no peito;

  • Tontura;

  • Trombose;

  • Palpitações;

  • Depressão e ansiedade;

  • Dificuldade de linguagem, raciocínio e memória.

Dentre esses sintomas principais, a fadiga, a dor de cabeça e a dificuldade de atenção são as ocorrências mais comuns da Covid longa relatadas pelos 47.910 pacientes acompanhados para execução da pesquisa.

UniBH oferece tratamento gratuito para pacientes de síndrome pós-Covid

A Academia Nacional de Medicina já posicionou opinião a respeito da necessidade de serem criadas unidades dedicadas ao tratamento de pacientes que sofrem as sequelas do coronavírus, já que o atual sistema de saúde pode ficar sobrecarregado com a alta demanda de pessoas precisando de cuidados neste período pós infecção. É nesse contexto que a atuação de uma clínica escola da UniBH tem se tornado importante.

Clínica Integrada de Saúde da UniBH

A UniBH mantém a Clínica Integrada de Saúde, situada no bairro Buritis. Esse projeto é promovido por alunos e professores dos cursos e tem o objetivo de oferecer atendimento gratuito ou com valores mais acessíveis para pacientes de baixa renda. 

Nesse período de pandemia, o setor de atendimento fisioterapêutico identificou uma alta demanda de pessoas que tinham acabado de receber alta hospitalar por covid-19, mas sofriam com sequelas da doença. Por esse motivo, a clínica desenvolveu uma triagem específica para os pacientes de síndrome pós-Covid. 

Como é realizado o tratamento?

Carla Augusta, a coordenadora do atendimento de fisioterapia da UniBH, explica que o tratamento de reabilitação pós-covid depende muito de cada caso. Mas, de forma geral, não costuma ser duradouro. 

Passo a passo do tratamento para Covid longa na UniBH

  • Triagem: Logo no primeiro contato é realizada uma triagem, onde o paciente informa aos alunos e professores os tipos de sintomas e disfunções que está sentindo. Vale lembrar que esse primeiro passo é realizado através de tele-atendimento.

  • Avaliação: Nesse segundo momento, um aluno e um supervisor realizam uma avaliação presencial e definem o tratamento mais adequado para a situação. 

  • Consultas: Com a avaliação pronta, o último passo é iniciar o tratamento. Essa última etapa acontece de maneira remota. Os fisioterapeutas passam os exercícios a serem feitos pelo paciente e observam a execução do outro lado da tela. Na medida em que o paciente realiza as atividades, o profissional orienta para melhorias. As consultas podem variar de 40 a 50 minutos e a alta só é dada mediante melhora clínica. 

Como solicitar o atendimento?

Para solicitar o atendimento é super simples! Como os fisioterapeutas são profissionais de primeiro contato, não é necessário apresentar indicação ou encaminhamento médico para receber o atendimento e tratamento gratuitos para síndrome pós-covid. Basta solicitar a triagem através dos telefones 31 3319-9345 ou 31 99299-0405 e informar os seguintes dados:

  • Nome;

  • Contato;

  • Descrição dos sintomas.

A Clínica Integrada de Saúde da UniBH funciona de segunda a sexta-feira, das 7h40 às 18h e pode acessar através da Avenida Professor Mário Werneck, 1.685, no bairro Buritis.  

Posto de vacinação da UniBH

A clínica escola da UniBH, além de realizar tratamento gratuito para pacientes pós-covid, também é considerada mais um dos pontos extras de vacinação, estabelecidos em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte. Além disso, o posto de vacinação da UniBH está distribuindo os imunizantes de acordo com o calendário divulgado diariamente pela PBH.  

Como a aplicação da vacina é feita pela própria equipe da Universidade, o atendimento é realizado apenas de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. A sala de vacinação fica no auditório do campus Buritis e pode ser acessada através da Rua Líbero Leone, portaria 259.


O que achou de saber que existe uma opção gratuita de tratamento para síndrome pós-Covid em Belo Horizonte? Além de realizar projetos sociais na área da saúde, a UniBH também oferece atendimento veterinário facilitado para os moradores da comunidade do bairro Buritis e outras regiões de BH. Para acompanhar outras dicas como essa, basta acompanhar o Instagram do Buritis Juntos!