Parque Aggeo Pio recebe posto de coleta de resíduos orgânicos no Buritis

Transformar resíduos orgânicos em adubo. Esse é o objetivo do Bem Composto, projeto que faz parte do M.A.S.S.A.L.A.S, um negócio sustentável que acaba de chegar ao Buritis. No início de dezembro, o grupo instalou no Parque Municipal Aggeo Pio Sobrinho o primeiro ponto de coleta de resíduos orgânicos do bairro Buritis.

O posto de recebimento de resíduos orgânicos localizado dentro do parque é agora mais uma das opções para os adeptos do Bem Composto. Os contratantes do plano recebem um balde para depositar conteúdo orgânico e o Massalas recolhe esse material porta a porta ou nos postos de coleta, de forma semanal ou quinzenal. 

O caráter sustentável do projeto fica por conta da compostagem. Depois de recolher todo o material, o M.A.S.S.A.L.A.S transforma o que alguns chamam de lixo, em adubo orgânico rico em nutrientes. Segundo André, um dos participantes do projeto, o Bem Composto é uma alternativa para os moradores e empresas que se preocupam com o destino de seu lixo. 

Quem já participa do sistema de compostagem

No Buritis e região já existem algumas empresas e moradores que adotaram essa forma consciente de descartar materiais orgânicos. A Maria Ivonete de Oliveira é uma delas. O descarte incorreto dos resíduos orgânicos sempre a incomodou e assistir uma das entrevistas do Massalas sobre compostagem foi o gatilho que ela precisava para aderir ao projeto. 

Maria já é usuária do posto de coleta instalado dentro do Parque Aggeo Pio. Ela se lembra com animação da primeira vez que destinou seu material orgânico ao Massalas. “Na primeira semana de fevereiro, realizei a minha primeira entrega. O que me encheu de alegria, por saber que o meu "lixo" estava seguindo para o pátio de compostagem do Massalas. Fazer parte da solução desses problemas é vital para mim”.

Já a Clara Sampaio trabalhava em uma empresa que faz parceria com o Massalas, foi lá que ela conheceu o projeto e decidiu virar adepta do Bem Composto. Para Clara, o Bem Composto descomplica a parte complexa do processo de reciclagem. 

“Infelizmente, minha casa é muito pequena e jamais conseguiria fazer minha própria compostagem, então conhecer o programa foi incrível pois tudo o que tenho que fazer é colocar os meus resíduos orgânicos no balde e levar até o local correto”, completa Clara.

Parceria com o Buritis Juntos

O problema da falta de espaço para realizar a compostagem não é um problema somente da Clara. O Buritis é um bairro bastante vertical, repleto de prédios. Por isso, nem todos os moradores têm espaço suficiente para fazer sua própria compostagem dentro de casa. Pensando nisso, o Massalas e o Buritis Juntos desenvolveram, em parceria, uma oferta exclusiva para os moradores e empresas que se preocupam com o ciclo natural de seu lixo.

A ideia de instalar um posto de coleta dentro do bairro vem justamente para facilitar a coleta para aqueles que não optarem pelo recolhimento de seu resíduo porta a porta. Atualmente, devido ao período de pandemia, para levar o material ao parque, basta agendar um horário de visita no site da Prefeitura de Belo Horizonte. 





 


Perguntas Frequentes

Pode entrar com cachorro no Parque Aggeo Pio Sobrinho?
A Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica não permite a entrada de cães e gatos no Parque Aggeo Pio Sobrinho.